Loading...

Blog

image

Construir para alugar dá certo?

Investir em imóveis sempre foi algo muito forte entre os brasileiros. Por ser um investimento mais seguro frente à maioria das aplicações disponíveis, os imóveis têm se tornado a classe de ativos mais querida do Brasil.

Na postagem de hoje, nós vamos falar sobre uma das formas de se investir no mercado imobiliário: construir para alugar.

Se você tem um bom capital guardado e está pensando em comprar um terreno para construir unidades habitacionais (ou comerciais) e alugá-las depois, continue lendo o texto e descubra tudo o que precisa saber sobre o assunto.

Investir em imóveis para alugar é um negócio para todos?

Existe um perfil de investidor que melhor se encaixa a esse tipo de investimento imobiliário. Construir para alugar é bom para investidores que não gostam da volatilidade de preços existente em outros investimentos (como a Bolsa de Valores, por exemplo), já que o preço do aluguel quem faz é você.

Construir para alugar é feito para investidores que querem tomar as decisões sobre o negócio. Daqueles que se afligem com a perspectiva de alguém poder realizar um desvio de recursos. Se você é assim, então vai preferir investir em imóveis para alugar, o que proporciona um controle total dos destinos do investimento.

Além de ter o perfil certo para o negócio, é importante estar atento a alguns fatores que iremos tratar a seguir.

• Fator 1: O que é necessário saber antes de investir em imóveis para alugar?

Antes de tudo, você precisa saber o quanto esse investimento poderá lhe trazer de lucro frente a outros tipos de investimento.

Para isso, comece comparando o retorno que você terá pelo aluguel com o retorno da renda fixa. Daí, só invista no aluguel de imóveis se realmente for o mais lucrativo para você. Não se esqueça da segurança dos investimentos, claro.

Outro fator que você deve saber é a alíquota do imposto de renda que incidirá mensalmente sobre o valor dos aluguéis. Ás vezes, a alíquota pode ser mais pesada do que a que incide sobre rendimentos de aplicações financeiras, por exemplo.

Você, como investidor, também deve estar preparado para o caso do imóvel acabar ficando vago por algum tempo. Ou de um inquilino atrasar o pagamento do aluguel. Se isso ocorrer, é interessante ter outros tipos de investimentos que supram a falta de renda com o aluguel no período.

E, por último (mas não menos importante), é necessário conhecer o imóvel no qual você pretende investir. Veja se vale mesmo a pena. Para isso, verifique a qualidade da propriedade e a forma como é administrada.

• Fator 2: Investir em imóveis para alugar requer um grande investimento?

Depende.

Se você estiver começando agora, saiba que precisará de um capital mínimo para comprar uma propriedade ou construí-la. Até você obter esse capital, não há que se falar em investimento imobiliário.

No entanto, se você já tem uma propriedade e pretende alugá-la, o investimento que você terá que fazer provavelmente não irá além das contas de IPTU, água, luz, dentre outras que terá que pagar caso não haja inquilinos lhe fornecendo aluguel para cobrir tais despesas.

• Fator 3: Como investidor em aluguel de imóveis, devo me assessorar?

É sempre bom procurar ajuda especializada, ainda mais se você for um investidor iniciante. Há muitos fatores a analisar e que dificilmente conseguem ser bem avaliados por uma pessoa somente.

Quando vale a pena investir na construção do seu próprio imóvel para alugar?

Passada essa introdução com uma análise sobre investimentos em imóveis para alugar, chegamos, finalmente, ao ponto principal da nossa postagem: construir para alugar dá certo?

A nossa resposta não poderia ser outra que não fosse um longo e sonoro sim. É claro que, para fazer o negócio dar certo, é preciso ter uma estratégia de construção e locação.

A seguir, acompanhe a resposta a algumas perguntas comuns sobre o assunto.

• Pergunta 1: Em que condições é mais favorável a construção do imóvel próprio ao invés da compra do imóvel pronto?

Ao comprar um imóvel pronto, você pagará pelo custo da construção e ainda pelo lucro de quem bancou a obra. Afinal de contas, ninguém investe para construir um imóvel esperando vender pelo que pagou.

No entanto, se você lucrar com a construção, ao decidir alugar o imóvel que acabou de construir irá obter uma rentabilidade maior do que se tivesse pago mais pelo imóvel pronto.

Confira também: Loteamento X Aluguel: prós e contras

E, além de ter uma rentabilidade maior, você poderá acrescentar todos os itens que achar necessários. Use diferenciais como garagem, sacadas e muros altos para aumentar a segurança.

• Pergunta 2: Construir para alugar exige um investimento alto?

Depende também.

É necessário entender qual será o foco do projeto – se para um empreendimento de alto padrão ou um imóvel que possa ter características mais simples, atendendo à demanda de pessoas de baixa renda.

No entanto, de forma geral, o primeiro ponto é ter alguns capital para investir em um terreno bem localizado, que lhe traga realmente inquilinos que queiram morar (ou trabalhar, em caso de empreendimento comercial) no local.

Segundo, é preciso investir bem para construir uma propriedade diferenciada e que possa valorizar-se com o tempo. Para tanto, será necessário pensar em um design moderno, espaços amplos e uma garagem – itens que todo mundo sabe que demandam um investimento alto.

Portanto, é importante pensar em todo esse conjunto para construir uma casa ou um centro comercial que possa ser atrativo o suficiente para você poder cobrar um pouco mais pelo aluguel e ainda assim ter boa procura.

• Pergunta 3: O retorno deste tipo de investimento é de curto, médio ou longo prazo?

Esse investimento geralmente é visto como de médio a longo prazo. Até que você receba todo o valor investido, irá demorar alguns anos, já que a valorização dos imóveis é um processo demorado.

No entanto, a segurança do aluguel mensal é uma garantia de que uma hora você terá o retorno financeiro do que investiu. Com a valorização do imóvel, ao passar dos anos, o aluguel se tornará uma correção monetária, com uma valorização média anual de 6 a 8%.

• Pergunta 4: Que benefícios existem neste modelo que podem garantir que o investimento é seguro?

O investimento em imóveis é seguro por uma razão óbvia: imóveis são bens que se valorizam ao longo do tempo. Mesmo que existam crises que afetem o valor de mercado, imóveis sempre acabam se recuperando.

Construir para alugar também é seguro pois o direito à propriedade é uma garantia constitucional. Um imóvel é seu, ninguém lhe tira e o governo não pode congelá-lo como já fez com a poupança e contas bancárias.

image
Mercado imobiliário brasileiro pode crescer 10% em 2018

Estimativa da CBIC sinaliza aceleração do crescimento em relação ao ano passado, quando lançamentos subir...

Ler mais